Recrutamento e Seleção

9 dicas para fazer um currículo perfeito em 2017

9-dicas-para-fazer-um-curriculo-perfeito-em-2017.jpeg
Escrito por Indianara Ferreira

O currículo é o primeiro contato que uma empresa tem com o candidato. Obviamente, essa ferramenta é como uma carta de apresentação e pode ser decisiva nessa primeira etapa do processo seletivo. Fazer um currículo é bem mais do que apenas inserir os seus dados nele. Confira agora 9 dicas que preparamos para você fazer um currículo perfeito.

1. Não coloque dados pessoais irrelevantes

Alguns dados pessoais, não precisam estar no currículo. Nesse primeiro momento, não interessa ao recrutador saber de todos os seus dados. A vaga ainda não foi preenchida, portanto dados como número de RG, CPF e título de eleitor são completamente irrelevantes.

Concentre-se apenas nas informações importantes para um convite a uma entrevista. Considere inserir primeiramente as seguintes informações:

  • nome completo;

  • data de nascimento;

  • nacionalidade

  • estado civil;

  • telefone;

  • e-mail.

Importante: cuidado com endereços de e-mail inapropriados. Trata-se de um currículo profissional, mantenha a coerência.

2. Indique o objetivo pretendido

Descreva em seu currículo qual é o seu objetivo ao procurar essa empresa, em outras palavras, responda a seguinte pergunta: “Qual o cargo almejado?”.

3. Descreva sua formação acadêmica

Mantenha a sua formação acadêmica atualizada. Comece detalhando o nome das especialidades cursadas, assim como o local e período onde cursou.

Indique o status do curso. Mas lembre-se, caso o curso já esteja finalizado, cite o ano de conclusão. Caso ainda esteja em andamento, cite o ano a concluir.

4. Possui habilidade em línguas estrangeiras?

Este é um tópico que não poderia ficar sem mencionar. As habilidades em outros idiomas são características consideradas diferenciais, quando o assunto é competir por uma vaga no mercado de trabalho. Por isso, melhor indicá-las separadamente.

Não deixe de citar o curso de idiomas ou prova de proficiência, assim como a data em que foi realizada.

5. Aponte suas qualificações

Diga o que sabe fazer e suas competências. Assim como na formação acadêmica, dê preferência por dizer o nome das qualificações adquiridas, além do local em que as realizou e quando as conquistou.

Esse é um ótimo local para indicar as competências tecnológicas, como por exemplo, cursos de informática.

6. Apresente suas experiências profissionais

É necessário deixar claro em seu currículo, as experiências anteriores que você teve. Mas, não precisa citar todas, duas ou três, no máximo já são suficientes. Veja um exemplo:

  • nome da empresa;

  • período em que trabalhou;

  • cargo;

  • atividades: breve resumo das atividades que realizava.

7. Cite atividades e cursos complementares

Caso tenha realizado cursos extras ou atividades complementares à sua formação, é interessante citá-las. Isso agrega valor ao seu currículo, mas, sempre enfatizando o cargo desejado.

Atividades que não tenham a ver com a oportunidade almejada, não precisam ser mencionadas.

Este é um bom local para indicar iniciações científicas e intercâmbios, por exemplo.

8. Cuidado com a poluição visual

Este erro é comum. Alguns candidatos, buscando destaque, acabam enfeitando seus currículos com elementos gráficos, logomarcas, bordas personalizadas ou até mesmo foto. Mas lembre-se, não é necessário colocar foto no currículo, a não ser que empresa solicite. Neste caso, vale uma foto de perfil.

9. Seja objetivo

Essa é a dica mais importante. Quando um recrutador recorre ao banco de currículos de uma empresa, ele provavelmente tem uma centena de currículos para ler. Um currículo mal elaborado, por mais bem qualificado que o candidato seja, tem grandes chances de ser completamente ignorado.

Um currículo deve ter suas informações organizadas de maneira que possa ser o mais sucinto possível, sem exageros na apresentação, com objetividade e clareza, de modo a facilitar a leitura do recrutador.

Lembre-se, todas as informações inseridas devem estar em ordem cronológica de conclusão, ou seja, o mais recente para o mais antigo.

Gostou das dicas de como fazer um currículo perfeito? Deixe aqui o seu comentário!

Sobre o autor

Indianara Ferreira

DIRETORIA DE NEGÓCIO, GERÊNCIA COMERCIAL E MARKETING
Graduada em Administração de Empresas, Pós-Graduação em Primeira Gerência e Gestão de Negócios com Ênfase em Marketing e MBA em Trade Marketing– ESPM.

Deixar comentário.

Share This