Recrutamento e Seleção

Aprenda como fazer um plano de carreira para a sua empresa

50286-aprenda-como-fazer-um-plano-de-carreira-para-a-sua-empresa
Escrito por Indianara Ferreira

Oferecer um plano de carreira bem estruturado pode ser a diferença entre uma empresa que consegue engajar seus talentos e aquela com uma alta rotatividade de funcionários. Mais do que benefícios para os colaboradores, essa prática pode aumentar o compromisso na melhoria da organização, possibilitando que metas sejam atingidas mais rapidamente.

Quer saber mais como fazer um plano de carreira para a sua empresa? Te damos aqui algumas orientações que podem ajudar nessa tarefa!

O que é um plano de carreira?

Esse conceito se refere à maneira objetiva de analisar o estágio profissional em que os colaboradores de uma organização se encontram, estabelecendo metas a serem alcançadas e habilidades a serem desenvolvidas para que eles subam um degrau na carreira.

Empresa e colaborador caminham juntos nesse percurso. Por isso, é necessário alinhar as metas e os objetivos de ambos para que o colaborador se sinta motivado e a organização faça um bom investimento com o seu pessoal.

Os profissionais hoje estão atentos aos locais que lhes oferecem possibilidades de crescimento, motivo pelo qual o plano de carreira também é um atrativo no mercado.

Como fazer um plano de carreira?

Ouvir os funcionários sobre os seus anseios é uma boa forma de começar a criar um plano de desenvolvimento de carreira. Isso evita que metas irreais ou desinteressantes sejam rigidamente fixadas.

Desperte o interesse pelo desenvolvimento

Mostrar as vantagens do crescimento e despertar o olhar para o futuro é um papel da empresa e do colaborador. Manter um diálogo com os mesmos, mostrando todas as possibilidades e benefícios da ascensão na carreira. Mostre que é algo que vai lhe beneficiar diretamente.

Estabeleça o cenário e as metas

Após criar um clima de motivação e interesse, veja quais são as necessidades dos colaboradores e o que a empresa espera deles em longo prazo. Com isso, ficará fácil definir as metas para cada colaborador e o que ele deverá fazer para alcançá-las. Quais competências ele deve adquirir? Quais os possíveis obstáculos e como contorná-los? E principalmente: aonde deve chegar?

Avalie os resultados

Cada ganho do colaborador representa um ganho para a empresa, assim, a avaliação dos resultados deve ser constante. A cada meta, deve-se avaliar o que foi atingido e ajustar o que não foi, identificando o porquê. A motivação do colaborador também deve ser constantemente analisada.

Esteja aberto às mudanças

A existência de metas não significa que mudanças sejam indesejáveis, afinal, o plano deve ser um direcionamento na carreira que permite que os profissionais adquiram novas perspectivas.

Por isso, chegar a lugares diferentes do planejado, não é resultado de fracasso, pois o próprio processo de desenvolvimento ajuda o crescimento do colaborador e da empresa. Além disso, o profissional não deve sentir-se preso à organização. Se acredita que seus propósitos já não são os mesmos, é mais do que aceitável a sua saída.

Fazer um plano de carreira é investir em sua empresa e torná-la mais atrativa para os futuros profissionais e para seus atuais colaboradores. Aprendizados e ensinamentos farão parte do cotidiano dos profissionais, tornando o ambiente mais propício ao alcance dos objetivos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam da importância do plano de carreira.

Sobre o autor

Indianara Ferreira

DIRETORIA DE NEGÓCIO, GERÊNCIA COMERCIAL E MARKETING
Graduada em Administração de Empresas, Pós-Graduação em Primeira Gerência e Gestão de Negócios com Ênfase em Marketing e MBA em Trade Marketing– ESPM.

Deixar comentário.

Share This