Field Marketing

Aumentar o sell in e sell out com a ajuda de uma empresa especializada

aumentar-o-sell-in-e-sell-out-com-a-ajuda-de-uma-empresa-especializada.jpeg
Escrito por Indianara Ferreira

O sell in corresponde à venda que acontece do empreendimento para seus distribuidores ou revendedores, ou seja, é uma operação B2B. Já o sell out diz respeito às vendas dos distribuidores para o cliente final, em um movimento B2C.

Além de muitos negócios atuarem nas duas frentes, é fundamental acompanhar ambos os indicadores, porquanto o ciclo de vendas não se fecha até que o cliente final adquira o item produzido ou revendido. Para melhorar esses resultados e ampliar seu faturamento, a contratação de uma empresa especializada é uma incrível escolha.

Pensando nisso, no post de hoje, você verá quais são as funções desse negócio e entender como a ajuda de uma empresa especializada poderá ser altamente relevante para você. Continue a leitura e saiba como aumentar o sell in e sell out!

Mapeamento das necessidades e dificuldades para melhoria dos indicadores

Um dos primeiros passos que uma empresa especializada dá para ajudar a aumentar o sell in e sell out é o mapeamento da situação atual. Com essa ação, o principal objetivo é identificar quais são as maiores necessidades do negócio e quais são as falhas que impedem que o processo seja concluído com facilidade.

Imagine, por exemplo, uma empresa que atua tanto com lojas próprias quanto com franquias. Se o sell out está elevado nas lojas próprias, mas não nas franquias, é um sinal de problemas sobre essas unidades — e o contrário também é verdadeiro.

Elaboração de ações de trade marketing para favorecer o sell in

Graças ao mapeamento das maiores dificuldades das vendas, o negócio especializado começa a trabalhar para ampliar o sell in. O motivo é muito simples: não dá para aumentar o sell out se os produtos não saem, primeiramente, para os distribuidores.

Para que isso seja possível, são elaboradas estratégias de trade marketing, melhorando a penetração dos produtos junto aos clientes B2B. Nesse momento, a principal meta é apresentar o valor da proposta comercial, demonstrando como o produto em questão pode ser útil para o distribuidor converter o cliente final.

Treinamento da equipe de vendas para melhorar o atendimento

Outra ação executada para aumentar o sell in e sell out consiste no treinamento da equipe de vendas. Quando os vendedores possuem uma atuação consultiva, é mais fácil convencer o cliente — seja essa uma relação B2B ou B2C — a fechar a compra.

Porém, é comum que essa melhoria no atendimento seja mais voltada para incrementar o sell out. Com o contato direto com o consumidor acontecendo de maneira muito mais estratégica, as chances de fechar venda são maiores.

Ao mesmo tempo, a empresa pode repassar esse treinamento para seus distribuidores, o que também amplia o sell out de maneira indireta.

Utilização da tecnologia para acompanhamento dos dados

Como o ambiente das empresas é cada vez mais digital, faz sentido empregar a tecnologia para melhorar a análise de dados. Se a coleta, o cruzamento e a análise de informações são facilitados, a tomada de decisão melhora.

Com isso, uma das tarefas da empresa contratada é, justamente, criar a estrutura necessária para implementação e uso de tecnologias, como sistemas automatizados de aquisição de dados.

Graças à análise, também é possível realizar previsões de demandas e vendas, o famoso forecast. A partir disso, fica mais fácil elaborar novas estratégias e consolidar resultados ainda mais satisfatórios.

Ao contratar uma empresa especializada, é possível aumentar o sell in e sell out de maneira facilitada por meio de estratégicas e uso adequado da tecnologia. Com isso, ganham o empreendimento e os revendedores, aumentando ainda mais a base de clientes.

Quer ficar por dentro de mais dicas como essas? Então, assine a nossa newsletter e acompanhe todos os nossos conteúdos diretamente de sua caixa de entrada!

Sobre o autor

Indianara Ferreira

DIRETORIA DE NEGÓCIO, GERÊNCIA COMERCIAL E MARKETING
Graduada em Administração de Empresas, Pós-Graduação em Primeira Gerência e Gestão de Negócios com Ênfase em Marketing e MBA em Trade Marketing– ESPM.

Deixar comentário.

Share This