Recrutamento e Seleção

Como avaliar candidatos nas redes sociais?

como-avaliar-candidatos-nas-redes-sociais.jpeg
Escrito por NVH

Cada vez mais, as redes sociais fazem parte do cotidiano das pessoas. Lá, são expostas opiniões, preferências e traços de personalidade.

Por conta disso, muitas empresas fazem análise dos candidatos nas redes sociais, procurando interpretar sinais de comportamento que podem ser positivos ou negativos quando essas pessoas tornam-se colaboradoras.

Mas será que essa prática é recomendada? E como realizar essa avaliação sem que haja um julgamento precipitado? No post de hoje, você vai saber mais sobre como usar as redes a favor da empresa durante um processo de seleção. Continue a leitura!

O que deve ser considerado ao avaliar candidatos nas redes sociais

Questões comportamentais podem ser levadas em consideração ao analisar as redes sociais dos possíveis futuros colaboradores da empresa. As páginas que essa pessoa curte podem indicar inclinações e posicionamentos diante de questões importantes dentro da cultura organizacional.

Além disso, a maneira de expressar opiniões e interagir com outras pessoas mostra muito de como essa pessoa costuma lidar com as diferenças e opiniões contrárias.

Os interesses manifestados nas redes também indicam pontos positivos — se a pessoa está a par do que acontece no mundo e se procura manter-se bem informada, por exemplo, entre outros aspectos. Esses espaços também servem como retrato de como é a rotina do candidato/colaborador fora do trabalho.

Quais aspectos devem ser analisados durante o processo seletivo

Podemos resumir a participação dos candidatos nas redes sociais sob três aspectos:

Comentários negativos sobre o trabalho

Quando a pessoa tende a falar mal do chefe ou da empresa em que trabalha, acaba testemunhando negativamente sobre a vida profissional, prejudicando a imagem da organização para a qual foi contratado.

Comportamento em posts e comentários

Pessoas que costumam fazer comentários ou posts com linguagem agressiva ou mostrando uma conduta que não é aceita pela cultura da empresa devem ser observados mais atentamente durante o processo.

Coerência entre informações

O perfil apresentado pelo candidato na entrevista tem a ver com o que ele posta nas redes sociais? O comportamento exibido na internet pode ser totalmente diferente da imagem que ele tentou mostrar no processo seletivo, o que acaba depondo contra o candidato.

A análise das redes sociais ao lado de outras ferramentas de seleção

As redes sociais não são o único termômetro para conhecer um profissional. Essa análise serve apenas para complementar o perfil, tirar dúvidas e entender melhor como é o comportamento da pessoa que está participando da seleção.

O departamento de RH não pode esquecer que o principal deve ser avaliado dentro da empresa, com a análise de currículos, aplicação de entrevistas e testes psicológicos. As redes sociais são apenas um acessório a mais dentro da seleção.

Quando feita cuidadosamente e de forma imparcial, as redes sociais ajudam a montar um quadro de como é esse candidato no dia a dia — suas ideias, interesses, tendências comportamentais, relacionamento com os colegas, entre outros detalhes.

E você, costuma fazer uma avaliação de perfil dos candidatos nas redes sociais quando está selecionando talentos para a sua empresa? O que acha que é importante levar em consideração nesse momento? Tem mais dúvidas? Deixe seu comentário!

Sobre o autor

NVH

Deixar comentário.

Share This