Recrutamento e Seleção

Como melhorar a retenção de talentos na empresa? Veja estas dicas!

como-melhorar-a-retencao-de-talentos-na-empresa-veja-estas-dicas.jpeg
Escrito por NVH

A retenção de talentos deve ser um objetivo crucial do RH, afinal, a saída recorrente de profissionais pode causar sérios danos à empresa. Como consequência, é possível falar em gastos com rescisão, sobrecarga dos funcionários que permanecem e perda de competitividade.

Por outro lado, manter os melhores colaboradores facilita a estruturação de equipes de alto desempenho, atrai novos talentos e contribui para a melhoria dos resultados do negócio. Desse modo, também fica mais fácil crescer e se destacar da concorrência.

Pensando nisso, criamos um guia com dicas essenciais para você entender como melhorar a retenção de talentos na empresa. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

Selecione as pessoas certas para o cargo

Reter talentos que não tenham afinidade com o empreendimento, isto é, que não tenham valores em sintonia com os do negócio é uma tarefa praticamente impossível. Por essa razão, é preciso ter cuidado desde o processo de recrutamento e seleção — portanto, não foque apenas nos conhecimentos e habilidades.

Estruture um processo seletivo que também se preocupe com os valores de cada candidato, avaliando se estão de acordo com os da empresa. Assim, será possível contratar profissionais que tenham uma melhor aderência à cultura organizacional e às equipes de trabalho.

Construa um ambiente de bem-estar

É cada vez menor o número de talentos que estão dispostos a abrir mão da qualidade de vida para permanecer em um emprego, por isso é importante investir no bem-estar. Pequenas ações podem fazer toda a diferença. É possível, por exemplo, fazer pequenas pausas ao longo do expediente, incentivar a prática de exercícios físicos e oferecer uma alimentação mais saudável aos funcionários.

Ofereça um bom plano de carreira

Em tempos nos quais muitos talentos passam apenas alguns meses em seus empregos, o plano de carreira pode ser uma excelente solução. Seu objetivo é facilitar a percepção de crescimento do profissional, indicando os cargos que ele pode ocupar ao continuar na empresa.

Um bom plano cruza duas variáveis: o tempo na empresa e os resultados conquistados nesse período. Assim, cria-se um forte senso de meritocracia. Para otimizar ainda mais a percepção de crescimento, é possível dividir cada função em: júnior, pleno e sênior.

Invista em benefícios complementares

Os benefícios transmitem maior segurança aos colaboradores. Entretanto, além dos tradicionais, é possível investir em outros mais inovadores. Como exemplo, é relevante citar: vale-cultura, parceria com academias, bolsas de estudo, uso não obrigatório de uniformes, entre outros — todos bastante interessantes, especialmente para a geração Y.

Facilite o processo interno de comunicação

Seja ao fixar um aviso no mural de recados ou enviar um e-mail para o colega de trabalho, sempre há comunicação na empresa. Todavia, essa comunicação nem sempre é eficaz, podendo deixar espaço para fofocas, conflitos e conversas paralelas.

Por essa razão, é importante implementar canais de diálogo alternativos, que facilitem a fluidez das mensagens. Como exemplo, é possível destacar: redes sociais corporativas, intranet, TV corporativa e sistemas especializados.

Veja, agora você está por dentro do assunto. É importante ressaltar que a retenção de talentos não deve ser um esforço apenas do RH, mas de todos os líderes da empresa. Ao manter os bons profissionais, será possível alcançar resultados cada vez mais significativos.

Gostou do conteúdo? Então, aproveite para continuar aprendendo: confira neste outro post 5 maneiras para aumentar a produtividade da sua equipe!

Sobre o autor

NVH

Deixar comentário.

Share This