Field Marketing

Conheça 4 técnicas de trade marketing

conheca-4-tecnicas-de-trade-marketing.jpeg
Escrito por Indianara Ferreira

Empresas e profissionais que pretendem desempenhar um bom trabalho de Trade Marketing precisam, sobretudo, focar nos seus canais de distribuição.

O significado dessa área de trade marketing é totalmente focado na investigação e discussão sobre as relações entre fabricantes e canais de venda, passando pelos processos que envolvem as marcas, os consumidores e os pontos de venda.

Na prática: técnicas de trade marketing que você pode aplicar

1 – Análise de dados antes da estratégia

Antes de criar as estratégias a serem colocadas em prática, é estritamente necessário que o profissional de Trade Marketing faça uma boa pesquisa com os dados que a empresa e o mercado oferecem sobre o contexto.

Com base na análise de dados, é possível identificar em qual loja (ou qualquer outro canal) o produto em questão deve ser vendido. 

Dessa forma é possível também identificar o preço e processo de distribuição adequado para a situação, além de definir em seguida um cronograma de vendas.

Por exemplo, se agosto é um mês que costuma ter uma baixa de vendas, com os mesmos dados você poderá identificar os períodos e perfis de pessoas que costumam melhorar as estatísticas em outros meses.

Dados de contextos diferentes também podem dar ótimos insights. Por exemplo, pergunte-se de que forma o comportamento das pessoas com relação ao seu blog pode influenciar as vendas.

2 – Parcerias e relacionamento

Uma outra estratégia que você pode considerar é parcerias e apoio dos parceiros.

Por exemplo, a FEMSA criou ações de relacionamentos com atendentes e garçons de bares para concorrer com sua principal ameaça no mercado de cervejas, a AMBEV.

Com um planejamento inteligente, a marca conseguiu agrupar pontos de vendas por potenciais similares e assim foi capaz de criar uma estratégia para conquistar e engajar tais parceiros.

3 – Pensamento “ganha-ganha”

É fundamental que a empresa consiga criar estratégias que tenham contrapartidas relevantes para seus parceiros e/ou envolvidos no processo da cadeia.

Ações agressivas de descontos ou negociações frequentes podem dar uma imagem negativa ao negócio e ter um efeito contrário. A consequência disso é uma necessidade cada vez mais urgente por parte da equipe de marketing estratégico de repensar as ações e decisões.

Sendo assim, as parcerias costumam ser caminhos bem recomendadas, mas para que você não desperdice tempo e energia buscando tais situações, sempre tenha em mente a ideia de que o acordo deve ser um ganho para as duas partes.

4 – Atenção ao ponto de venda

É fundamental, sobretudo no varejo, um cuidado mais que adequado com os pontos de venda. Afinal de contas, a experiência do consumidor está diretamente ligada com este local.

Sendo assim, alguns pontos são fundamentais para que sua estratégia de Trade Marketing seja concisa.

Os detalhes de Iluminação da empresa são importantes para que os clientes valorizem os produtos e destaque o que já de mais relevante.

A distribuição de som também é um critério relevante. Tente criar um ambiente tranquilo e que faça o cliente permanecer mais tempo no local com uma sensação positiva,

E por fim, pense muito na decoração. Cores e tipos de móveis também são formas de comunicação e dizem muito sobre sua empresa.

Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário!

Sobre o autor

Indianara Ferreira

DIRETORIA DE NEGÓCIO, GERÊNCIA COMERCIAL E MARKETING
Graduada em Administração de Empresas, Pós-Graduação em Primeira Gerência e Gestão de Negócios com Ênfase em Marketing e MBA em Trade Marketing– ESPM.

Deixar comentário.

Share This