Field Marketing

Entenda o Shopper Marketing

entenda-o-shopper-marketing.jpeg
Escrito por Indianara Ferreira

Atingir seu público-alvo com eficácia no ponto de venda é essencial para o sucesso do seu negócio. Nesse cenário, temos o Shopper Marketing, uma disciplina que define o seu público-alvo com clareza e aponta decisões estratégicas para seu negócio.

Neste post, vamos compreender o que significa esse tipo de estratégia e entender como aplicá-la para o sucesso do seu negócio. Confira!

Qual a diferença entre o Shopper e o Consumidor Comum?

O Shopper, diferente do consumidor comum, é o cliente que pondera antes de adquirir algo. Avaliando muito melhor a sua compra, ele considera mais vezes a relação custo-benefício e preza pelo relacionamento entre a empresa e clientes.

Sim, o preço é relevante, mas não é o mais importante como acontece com muitos consumidores comuns. Invariavelmente, os Shoppers procuram por relações de longo prazo com a empresa, pois com quem eles compram relativiza a imagem que eles têm deles mesmos como pessoas.

Um Shopper, por exemplo, é um cliente que tende à recompra de uma marca, sendo mais fiel. Geralmente, esse comportamento se dá pela qualidade que o produto o entregou na primeira compra ou pela forma como a marca o fez se sentir.

Shoppers são advogados de marcas e as defendem em discussões com amigos, em fóruns e para familiares. Um cliente que acampa em frente à loja na semana do lançamento é um Shopper, com certeza!

Como vender para Shoppers?

O primeiro passo para realizar a venda para um Shopper é entendê-lo profundamente. Faça pesquisas e convide-os a dar sua opinião sobre o produto. Como eles são clientes de longa data, com certeza terão o prazer de participar em troca de algum lançamento prévio.

Faça também com que os Shoppers que não participem dessas pesquisas sintam-se à vontade para opinar. Crie grupos de discussão em Redes Sociais para que eles interajam entre si e mantenham acesa a chama do amor pela sua marca e que eles sejam impactados por ela a todo momento.

Lance produtos inovadores e deixe que os Shoppers saibam primeiro. Se houver algum indício de confidencialidade, melhor ainda, pois eles adoram se sentir parte da empresa, mesmo que não o sejam. Faça com que essas novidades sejam acessíveis a eles um pouco antes da imprensa, por exemplo, e você verá o amor deles pela marca crescer exponencialmente.

Como conquistar os primeiros Shoppers?

Essa parte é difícil, mas não impossível. Aqui a palavra-chave é atendimento de qualidade. De acordo com a regra de Paretto, 80% do seu público lhe traz apenas 20% do seu faturamento, enquanto os 20% restantes correspondem a 80% de tudo que você ganha.

Atenda seus clientes VIP com prioridade máxima e saiba o que eles precisam. Isso só acontece com muito estudo e integração com seus Shoppers.

Como aplicar o Shopper Marketing?

Na hora da venda, o Shopper precisa de uma estratégia específica para ele. Pense que o Trade Marketing evoluiu para a personalização. Se pensarmos em PDV, por exemplo, antes o que mais valia era a altura que seu produto aparecia na gôndola e se estava no corredor certo do supermercado.

Agora, pense em momentos de consumo do seu cliente e faça essa informação interagir com o PDV: se ele consome seu produto quando está comendo pipoca, interaja com ele no momento em que ele está comprando pipoca, por exemplo!

85% do tempo em que estamos em supermercados, nosso cérebro está no automático. Com mais de 30.000 produtos (em média) que um supermercado tem, fica difícil se destacar caso você não entenda de verdade o que seu cliente deseja. Interaja com ele em diferentes momentos do processo de compra e obtenha sucesso com essa estratégia inovadora.

Gostou do texto? Já conhecia o Shopper Marketing? Comente abaixo como você vai aplicá-lo para seus clientes e, se houver alguma dúvida, não hesite em compartilhá-la!

Sobre o autor

Indianara Ferreira

DIRETORIA DE NEGÓCIO, GERÊNCIA COMERCIAL E MARKETING
Graduada em Administração de Empresas, Pós-Graduação em Primeira Gerência e Gestão de Negócios com Ênfase em Marketing e MBA em Trade Marketing– ESPM.

Deixar comentário.

Share This