Recrutamento e Seleção

RH e economia colaborativa: conheça o poder dessa união

rh-e-economia-colaborativa-conheca-o-poder-dessa-uniao.jpeg
Escrito por NVH

RH e economia colaborativa em uma mesma frase? Pode gerar um estranhamento a princípio, mas a verdade é que eles podem ser aliados poderosos para sua empresa, criando uma cultura organizacional e até mesmo aumentando o engajamento dos colaboradores.

O que é economia colaborativa?

A economia colaborativa ou compartilhada pode ser compreendida como uma adaptação do nosso antigo modo de consumir, focado em consumo excessivo e sucesso financeiro, para um novo modelo: o compartilhado, colaborativo, em rede. 

Nela, a divisão substitui o acúmulo. Casas, carros e roupas passam a ser compartilhados. O excesso dá lugar ao minimalismo. Uber e Airbnb são bons exemplos dessa mudança no mundo dos negócios.

Por que ela é importante?

A economia compartilhada promove sustentabilidade. Isso porque à medida que passamos a compartilhar, reaproveitar e reciclar bens ou serviços, reduzimos a emissão de gases poluentes e o desperdício de materiais, por exemplo.

Sem falar na promoção de consciência global sobre a limitação dos recursos disponíveis. Ficamos mais expostos à reflexões sobre o impacto das nossas ações no mundo. 

Como o RH pode incentivar a economia colaborativa?

O setor de Recursos Humanos pode desempenhar um papel importante ao incentivar a economia colaborativa. Além disso, esse incentivo pode gerar benefícios para a empresa, fortalecendo a marca com seus colaboradores e contribuindo com o Endomarketing

Confira algumas ações que o RH pode adotar para incentivar a economia colaborativa:

Palestras de conscientização

Promover palestras de conscientização sobre a economia colaborativa é um bom primeiro passo para introduzir a temática no dia a dia da empresa. Desse modo, será possível apresentar toda a parte conceitual e histórica da proposta.

Também é importante alinhar o tema junto ao Marketing, para que sejam divulgados textos sobre o assunto, por exemplo, nos canais de comunicação internos.

Autoconhecimento para colaboradores

Incentivar o autoconhecimento dos colaboradores é uma maneira de contribuir para a disseminação da economia colaborativa, pois dessa forma é possível que a pessoa envolvida no processo possa autoavaliar-se e corrigir o que for necessário internamente. 

Relacionando-se melhor consigo, a pessoa conseguirá se relacionar melhor com os demais ao seu redor. 

Sistema de caronas e bicicletas

Apostar em um sistema de caronas e incentivar o uso de bicicletas para locomoção é uma ótima contribuição para o meio ambiente!

Ao estimular que seus colaboradores peguem carona uns com os outros, será positivo tanto para a natureza, quanto para a empresa, que garantirá um relacionamento interpessoal melhor entre seus colaboradores.

Já o uso de bicicletas, além de também contribuir com o meio ambiente, incentiva um estilo de vida saudável.

Conhecimento compartilhado

Conhecimento é um bem precioso! Compartilhá-lo com os colegas de trabalho é levar a economia colaborativa para mais perto do dia a dia da empresa.

Aqui, você não deve limitar o tipo de conhecimento que seus colaboradores irão compartilhar uns com os outros. Quanto mais variados os temas, mais rico o aprendizado!

O RH e a economia colaborativa realmente têm um potencial brilhante juntos, não é mesmo?

Esperamos que você tenha gostado deste post! Caso tenha dúvidas ou queira conversar sobre o assunto, deixe seu comentário!

Sobre o autor

NVH

Deixar comentário.

Share This